Home   |   Resources   |   Teaching   |   Activities   |   Projects   |   Structure   |   Members   |   Contact

PT | EN

CELGA-ILTEC is a University of Coimbra R&D unit (FCT UID: 4887) that results from a merger of two previously existing units: ILTEC and CELGA. It's main activities are research and linguistic resource creation.

História da Língua Portuguesa e História da Consciência Linguística

Investigadora responsável: Clarinda Maia

Descrição e enquadramento

Nesta linha temática desenvolve-se investigação sobre história da língua portuguesa, estando também previstos trabalhos que associam duas perspetivas, a história da língua e a história da consciência linguística, na medida em que o desenvolvimento desta e das suas formas de manifestação tem implicações, por vezes profundas, no desenvolvimento dos processos de mudança. Essa articulação de conteúdos permite a integração do estudo das relações entre mudança linguística e gramatização e abre igualmente caminho para o estudo das relações entre variação / mudança e atitudes linguísticas. Justificam-se, assim, dois tipos de trabalhos, por um lado, estudos que contemplam a análise e descrição de processos de mudança ocorridos nas áreas da gramática e do léxico apoiados sistematicamente em materiais empíricos documentados em “corpora” e, por outro, trabalhos que combinam a investigação de situações concretas de mudança com a análise da consciência metalinguística e das atitudes linguísticas tal como se refletem nos textos escritos de diferente tipologia, com particular destaque para os textos codificatórios. Procurar-se-á avaliar a importância do pensamento metalinguístico no condicionamento de rumos e ritmos de fenómenos concretos de mudança e na hierarquização de variedades linguísticas.

Constitui, ainda, objeto de interesse do grupo de investigação a questão do enquadramento histórico do pluricentrismo do português como língua de importância internacional. Assim, o estudo da formação do espaço variacional da língua e do longo caminho da constituição da norma em Portugal e no Brasil institui-se como uma área de trabalho particularmente relevante para a definição e consolidação do português enquanto língua histórica.

As diferentes vertentes do trabalho pressupõem e dinamizam a investigação teórica em torno de algumas questões implicadas no estudo histórico das línguas: a mudança linguística, as relações entre oralidade e escrituralidade e os processos de elaboração e estandardização.

Objetivos de investigação

  • 1. Investigação, sob diferentes perspetivas teóricas, de mudanças linguísticas ocorridas nos domínios da gramática e do léxico.
  • 2. Descrição e análise de algumas mudanças que fornecem dados relevantes para a compreensão das especificidades das variedades não europeias / não “standard” do português. Entre outras, privilegiar-se-á a investigação de algumas mudanças que explicam a configuração de normas diferenciadas em Portugal e no Brasil.
  • 3. Descrição e análise de algumas situações de variação da língua medieval.
  • 4. Análise do texto codificatório com vista ao esclarecimento do discurso normativo que aí se constrói.
  • 5. Constituição de infraestruturas para a investigação em história da língua portuguesa.

Membros da linha temática