Início   |   Recursos   |   Ensino   |   Eventos   |   Projetos   |   Estrutura   |   Membros   |   Endereço

PT | EN

O CELGA-ILTEC é uma unidade de I&D da Universidade de Coimbra (UID FCT: 4887) criada em 2015 que resulta da fusão de duas unidades: o ILTEC e o CELGA. Tem como atividades centrais a investigação e a criação de recursos linguísticos.

Oficina de Trabalho

Desenho de pesquisa com base em questionário

  • Tanara Zingano Kuhn (FLUL/CELGA-ILTEC)
  • Data: 28 de outubro de 2016, 14.15 às 16.30,
  • Local: FLUC, Sala do Instituto de Estudos Franceses (5.º piso)
  • Organização:

Sinopse

O uso de questionários para obtenção de informações sobre hábitos, costumes, preferências e/ou atitudes de grupos de pessoas é comum na área das Letras. Mesmo que esse método não se constitua em nosso objeto de estudo, sabemos que a qualidade dos dados coletados depende das perguntas feitas. A condição para a elaboração de boas questões - e consequente produção de resultados confiáveis - é a realização de planejamento prévio cuidadoso, que se traduz, ao fim e ao cabo, em um bem estruturado desenho de pesquisa. Sendo assim, o objetivo deste workshop é auxiliar os colegas no processo de desenvolvimento do desenho das suas pesquisas com base em questionário. Para isso, pretende-se apontar e discutir os elementos fundamentais desse processo, trazendo exemplos e compartilhando dicas práticas encontradas em literatura das áreas da Metalexicografia e das Ciências Sociais.

Tanara Zingano Kuhn é doutoranda em Linguística Aplicada na Universidade de Lisboa (bolsista Capes processo nº 0973/13-0) e membro colaborador no Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada (CELGA-ILTEC), na Universidade de Coimbra. É mestre em Estudos do Texto e do Discurso pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, Brasil, onde também se graduou em Letras (Português e Inglês). Atua nas áreas de ensino de línguas e lexicografia. Tem experiência em pesquisa sobre distúrbios de linguagem sob viés enunciativo, em ensino de inglês e de português como línguas adicionais, em aplicação e entrevista do exame Celpe-Bras, em elaboração de materiais didáticos e em pesquisa sobre o português. É criadora do Corpus de Português Escrito em Periódicos – CoPEP e coautora do livro didático de ensino de português como língua adicional para nível iniciante Bate-papo: curso de conversação em português brasileiro (no prelo). Atualmente, no âmbito do seu doutorado, desenvolve um desenho de dicionário online, corpus-driven de português para estudantes universitários.