Início   |   Recursos   |   Ensino   |   Eventos   |   Projetos   |   Estrutura   |   Membros   |   Endereço

PT | EN

O CELGA-ILTEC é uma unidade de I&D da Universidade de Coimbra (UID FCT: 4887) criada em 2015 que resulta da fusão de duas unidades: o ILTEC e o CELGA. Tem como atividades centrais a investigação e a criação de recursos linguísticos.

Português em Contacto

Investigadora responsável: Cristina Martins

Descrição e enquadramento

Nesta linha temática é desenvolvida investigação sobre situações de contacto de línguas em que o português participa ora como L1, ora, e especialmente, como L2. A investigação é de natureza descritiva, incidindo sobre as manifestações linguísticas do contacto e sobre as suas condicionantes extralinguísticas, e é igualmente aplicada, tendo por objetivo a criação de recursos para fins específicos.

Do ponto de vista teórico, a investigação é tributária de tradições de investigação plurais: a perspetivas sociolinguísticas, pragmáticas e psicolinguísticas adotadas na observação de manifestações de contacto interlinguístico (quer à escala comunitária quer à escala individual), aliam-se trabalhos descritivos informados por distintos quadros teóricos que têm por objeto estruturas fonético-fonológicas (e suas relações com a codificação gráfica), morfológicas, sintáticas, semânticas e lexicais.

Sem prejuízo de inclusão de outros casos, as situações de contacto de línguas privilegiadas nesta linha de investigação são as seguintes:

  • português língua estrangeira (LE) (sobretudo em contextos de imersão) / L1 dos aprendentes;
  • português língua segunda (LS) (em contextos ex-coloniais e em Portugal) / L1 dos aprendentes (com especial incidência em crioulos de base lexical portuguesa);
  • português língua de herança (LH) / línguas das comunidades de acolhimento de imigrantes com origem portuguesa;
  • português / mirandês / castelhano;

Objetivos de investigação

  1. 1. Descrição da(s) interlíngua(s) dos aprendentes de Português como L2, com especial enfoque nas estruturas da língua alvo que mais resistência revelam no processo de aquisição/aprendizagem de PL2.
  2. 2. Criação de infraestruturas de investigação em PL2, nomeadamente de bases empíricas fiáveis.
  3. 3. Criação de recursos para o ensino de PL2.
  4. 4. Formação de quadros que atuam em situações de contacto do português com outras línguas.

Projetos de investigação

Em Curso


Concluídos

  • DIALANG - Sistema virtual de diagnóstico de proficiência (coord. U. Lancaster, fin. União Europeia, programa SOCRATES)
  • ELVIN - European Languages Virtual Network (fin. União Europeia, programa Leonardo da Vinci)
  • Euroversity (coord. U. Hull)
  • NIFLAR Networked Interaction in Foreign Language Acquisition and Research (coord. U. Utrecht, fin. Comissão Europeia, programa Lifelong Learning Programme)

Membros da linha temática